#Trip Itália Rapidex

Olá povo lindo! Cá estou eu tentando tirar a teias de aranha que se encontram por aqui porque estou com milhões e milhões de coisas legais pra compartilhar tanto da faculdade quanto das viagens que tenho feito. Então, fora de ordem mesmo, resolvi postar primeiro a trip mais fresquinha.

Eu acabei de voltar de uma viagem bem rapidinha pela Itália. Foram só 6 diaszinhos passando por Milão, Verona e Veneza. Foi bem rapidinha porque a vida não tá (tão) fácil e eu tenho aulas que não posso ficar perdendo na faculdade e no curso de Styling que faço na Central Saint Martins.IMG_4701

Bom, a primeira parada foi Milão, onde estava tendo a semana de moda. No dia que chegamos teria desfile da Fendi, Prada, Moschino… Amor, né?! Ver a movimentação da cidade em plena semana de moda foi legal demais. Ainda mais porque tínhamos acabado de sair da London Fashion Week então deu pra comparar! Pra ser bem sincera, Milão não foi lá uma das minhas cidades favoritas. Eu esperava um lugar que respira e vive moda 24/7 e não é bem assim. Não sei ainda se não fomos aos lugares certos porque tivemos pouquinho tempo mas foi a impressão que tive.

O principal ponto turístico é a catedral que é realmente lindíssima! A principal galeria se chama Galleria Vittorio Emanuele, ela é maravilhosa e fica bem do lado da catedral. Nela encontramos algumas das super grifes como Prada, Gucci e Louis Vuitton. Atravessando a galeria você chega numa praça com o teatro Scala, que também é um dos postos turísticos da cidade. Três pontos turísticos quase no mesmo lugar. Achei Milão bem fácil de andar, tanto a pé quanto no metrô.IMG_4706

Em Milão comemos o sorvete mais magnífico que já comemos na vida, sério, sem palavras pra descrever. O verdadeiro gelatto italiano, na sorveteria Cioccolati Italiani. Ela fica bem na frente da lojinha que vende o Panzerotti (um pastel frito feito com massa de pizza e recheios variados, mas o tradicional é queijo com tomate) mais famoso da Itália. Ou seja, você come um (talvez dois…) panzerotti delícia e um gelatto de sobremesa, engorda uns 10kg nesse momento mas acaba o dia muito mais feliz.gastronomia

A segunda parada foi Verona. Pegamos um trem na estação central de Milão pra estação de Verona, durou quase 2h de viagem. Ah mas Verona! Verona é uma cidade bem pequenininha mas muito encantadora. Só casinhas antigas, coloridas e muito bem conservadas. Fiquei muito apaixonada pela cidade, pela simplicidade e beleza. Lá é tão pequenininho que você faz tudo a pé e, além de perto, é muito fácil de andar com um mapinha na mão.

Vale muito a pena comprar o Verona Card, ele custa 15 euros pra 24 horas, ou 20 euros pra 72 horas, e essa segunda opção que foi nossa escolha porque ficaríamos lá mais de um dia e queríamos ver tudo com calma. O Verona Card dá direito a você entrar em todos os pontos turísticos de Verona, casa da Julieta, igrejas, museus…

Todos os pontos têm seu charme e uma vista linda, vale a pena tentar conhecer todos. Meus preferidos acho que foram o castelvecchio, pela vista linda da cidade e da própria construção do castelo, e casa de Julieta, que apesar de não ter tanta graça por dentro, é muito legal ir na sacada, ver a estatua e mandar uma carta pra Jú. Ah, em Verona as pessoas são também as mais legais e atenciosas, parece que todo mundo ali é muito feliz e faz questão de te tratar super bem.IMG_4726IMG_4742IMG_4849IMG_4889IMG_4879IMG_5208IMG_5307

Ponto final da viagem foi Veneza, e foi a surpresa mais linda! Também fomos de trem de Verona para Veneza, durou mais ou menos 1 hora. Todo mundo tinha me falado meio mal de Veneza então já fui meio de má vontade, admito. Muita gente me falou que não era legal, que era tão pequena que um dia bastava por lá, que não valia a pena andar de gôndola e bláblá. Até tínhamos pensado em passar um dia só lá e nos outros dias ir pra Burano e Murano, mas deixamos pra resolver isso lá. Graças a Deus, porque desistimos desse plano por motivos de tão amor que Veneza é! Vale todos os minutinhos que você tem pra ela.

A cidade é um labirinto, sim, é muito difícil de andar por lá mesmo com mapas. Mas acho que isso é exatamente a graça de Veneza. Você se perde pelas ruelas simpáticas de lá, passando por todos os pedacinhos do canal e vai vendo tudo. Máscaras, macarrão e bolsas de couro por todos os lados desse labirinto. As casas não são tão bem cuidadas como as de Verona, mas não deixam de ter seu charme. O mais legal é que o canal passa por tudinho então quase todas as casas têm seu barco!
IMG_5345
IMG_5517DCIM100GOPROGOPR0810.IMG_5354IMG_5475

Nos primeiros dias fez sol e céu azul o que deixa tudo sempre mais lindo, né?! Foi quando aproveitamos pra andar de Gôndola! Como disse ali em cima, todo mundo tinha me falado que não valia a pena porque era muito caro, mas a gente queria muito então fomos e não achamos caro não porque éramos um grupo de quatro. Pegamos (sem querer) num horário estratégico, quase na hora do sol se pôr então as fotos no final do passeio, do gondoleiro sob o sol, ficaram lindas. Falando nele, que amor de gondoleiro que foi o nosso. Ele tentou cantar Garota de Ipanema, sacolejou a Gôndola pra fazer a gente rir espontaneamente na foto que ele ia bater nossa e contou várias histórias dos gondoleiros. Valeu cada centavo, o passeio foi incrível!

Além das famosas Gôndolas, Veneza tem outros pontos turísticos como a catedral e alguns museus, mas na minha opinião o mais incrível são as ruazinhas mesmo.

Já no dia de ir embora fez um tempo cinza e resolvemos ir as compras porque só íamos embora a tarde. Eu queria muito um chapéu de gondoleiro (o tio nosso gondoleiro tinha me dito a loja onde eles compravam o uniforme deles e eu queria exatamente esse, o original!), máscaras, bolsa de couro e macarrão, tudo que tinha de lá eu queria né. Devo dizer que comprar máscara em Veneza é uma missão muito difícil, porque como são taaaantas, você demora séculos pra escolher (né Mariana?).DCIM100GOPROGOPR0819.IMG_5444IMG_5494IMG_5546

Tudo comprado, hora de voltar pra casa. Pegamos em Veneza um ônibus de 20 mindinhos até o aeroporto Marco Polo e voamos de volta pra London. Devo dizer que a Itália é o paraíso gastronômico, se você está de dieta NÃO VÁ pra Itália! Provavelmente engordei uns 15kg, mas estou muito feliz. Agora de volta a rotina, de volta a dieta. Até semana que vem que a parada é em Portugal…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s